sexta-feira, 9 de novembro de 2012



" Tu não me conheces puto,
   porque eu não sou o que visto.
   Eu sou o que penso, o que faço, o que digo,
   o que escrevo, o que sinto.
   Nunca me minto,
   e à falsidade não peço auxilio.
   A verdade é o meu fim,
   a verdade é o meio para atingi-lo. "

Sem comentários: